A primeira ida ao dentista.

Texto Por: Nicoli B. Fertig, especialista em odontopediatria CRO/SC 12.640.

Pensar na ida do filho bebê ou criança ao dentista pela primeira vez pode ser um grande desafio para muitos pais ou responsáveis, principalmente se tiveram lembranças ou experiências desagradáveis.

Para um atendimento ODONTOLÓGICO especializado para crianças, os odontopediatras são os mais indicados. Não só pelos conhecimentos técnicos em si, mas especialmente pelo entendimento do universo psicoemocional e cognitivo dos pequenos pacientes, incluindo lógico todo o amor envolvido, e isso faz toda a diferença!

Os odontopediatras estudam e se preparam de maneira minuciosa os métodos de controle do comportamento infantil, do bebê ao adolescente. Desta forma, de acordo com cada desenvolvimento neuropsicológico, temperamento e faixa etária são propostos métodos individuais, eficientes e eficazes.

É sim possível uma consulta tranquila e bem-sucedida. Para isto vale algumas dicas:

  •  A primeira consulta deve ser realizada antes mesmo dos primeiros dentinhos aparecerem. Nesta fase, além de informações e orientações necessárias para uma saúde bucal exemplar, será́ realizado um minucioso exame clínico.
  • Não mentir! Não dizer que não será feito nada, pois geralmente na primeira consulta o exame clínico já é realizado.
  • Não fazer ameaças, tipo: “no dentista tem injeção se você̂ não ajudar ou não ficar quieto”. De forma alguma a criança será punida! O Odontopediatra é capacitado e tem a abordagem psicológica para cada necessidade.
  • Ser sincero! Dizer que ela irá ao “dentista” mostrar seus dentinhos e aprender a cuidar deles.
  • O choro faz parte do universo infantil e nem sempre está́ associado a dor! Se a criança chorar na primeira consulta os pais não devem ficar desesperados, e sim manterem a calma e confiarem no profissional escolhido. Elas podem chorar porque não querem ficar quietas na cadeira, querem descer ou preferem brincar.
  • Evitar falar junto ou sobrepor o profissional. O odontopediatra conduzirá a situação com sabedoria. Isso evita que a criança fique confusa.

É surpreendente! Com a colaboração e confiança dos responsáveis, o sucesso é garantido!

Seu filho merece que seu primeiro dentista seja um odontopediatra!